Cuidados ao comprar imóveis na Black Friday

Portais de classificados imobiliários, construtoras e incorporadoras também aderiram à moda da Black Friday e as condições oferecidas englobam redução de preços para comprar e alugar imóveis em todo o país.

Mas será que as ofertas anunciadas realmente valem a pena? Como calcular o valor do metro quadrado para uma comparação mais precisa? Quais os custos extras além do valor do imóvel?

O advogado Arthur Ongaro, do escritório Corrêa, Ongaro, Sano Advogados Associados, lembra que os consumidores devem ter cautela antes de efetivar a compra. “O primeiro ponto é verificar se o imóvel ofertado está realmente com o desconto anunciado. Isso é possível, por exemplo, a partir do cálculo do valor do metro quadrado do imóvel. Esse cálculo pode ser feito utilizando o preço total dividido pela área privativa do imóvel. Dessa maneira fica mais fácil para o consumidor comparar o preço do metro quadrado em um determinado bairro, por exemplo, independentemente da configuração do apartamento ou casa que está procurando e pode avaliar se realmente há um desconto sendo aplicado”, explica.

Ongaro destaca que além da pesquisa do metro quadrado, que pode ser feita na Internet, é importante saber por quanto um imóvel com uma configuração parecida com a qual está procurando foi vendido. “As pessoas podem fazer essa avaliação consultando imobiliárias nas regiões que pretendem comprar, assim saberão o valor de venda, que muitas vezes é bem diferente do anunciado pelos portais imobiliários”.

Outro ponto importante que os consumidores devem levar em conta é a cautela antes de efetivar a compra, pois um imóvel é um produto de muito valor que, geralmente, envolve outros custos. “Quem arcará com certidões, taxas de registro, escritura do imóvel e o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) é o comprador. Antes de decidir pela compra o consumidor deve fazer um levantamento detalhado do impacto dos custos do novo bem no orçamento familiar”, diz Ongaro. “Se a pessoa for utilizar o financiamento imobiliário para adquirir o imóvel, a atenção deve ser redobrada”.

E para quem pretende financiar o imóvel, o contrato deve ser analisado com cuidado e todas as cláusulas da transação devem estar claras para o comprador.

Dicas para uma boa compra na Black Friday

1) Faça uma pesquisa na Internet: pesquise os preços que as construtoras praticavam antes da Black Friday. A internet é uma ótima ferramenta. É possível encontrar anúncios de imobiliárias ou corretores de alguns meses atrás, muito importante para fugir das falsas ofertas.

2) Vá com calma: não se empolgue com a primeira oferta. Compare as condições, o tipo de produto e analise o custo-benefício.

3) Analise seu orçamento: avalie seu orçamento de forma bastante conservadora e lembre-se que a prestação não pode comprometer mais de 30% da renda familiar caso a opção seja financiar o imóvel.

4) Financiamento é uma opção: apesar de muita gente estar preocupada com os juros do financiamento, ele ainda pode ser uma forma importante de viabilizar uma boa compra. Com a portabilidade do crédito imobiliário é possível trocar de banco no futuro quando as taxas caírem.

5) Veja os outros custos envolvidos: Pergunte aos incorporadores o valor estimado do condomínio, mesmo que o prédio ainda esteja em obra, para você poder calcular seus gastos. Uma boa infraestrutura de lazer representa mais custos.

6) Documentação: Junte toda a documentação referente à negociação do imóvel. Elas deverão compor um dossiê sobre o processo de compra e venda do imóvel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *