Jornal Destak: Renegociação é o caminho para evitar ‘nome sujo na praça’

Em entrevista ao jornal Destak, o advogado Arthur Ongaro, do escritório Corrêa, Ongaro, Sano Advogados Associados falou sobre negociação de dívidas atrasadas.

De acordo com o advogado Arthur Ongaro, os credores geralmente têm interesse em negociar. “Quando a dívida não tem garantia, como um imóvel ou veículo, por exemplo, o credor fica muito mais aberto à renegociação. Muitas vezes, é possível dilatar o prazo para pagamento da dívida, resultando em parcelas menores, além da própria renegociação do saldo devedor, por exemplo. É sempre recomendável que o devedor converse com o credor antes de ter um título protestado”, afirma.

Leia a íntegra da entrevista aqui.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *